Em virtude da pandemia de Covid-19, alguns de nossos locais de atendimento estão fechados ou com horário reduzido temporariamente.
Pedimos, por gentileza. que ligue na localidade desejada antes. Obrigado. A DigiForte +55(11)3733-4333

Certificado Digital

O agendamento é feito após a conclusão do pedido e é necessário para realizar o atendimento da validação de documentos em um dos nossos locais de atendimento.

Por que preciso agendar a validação?
A validação compõe o processo de emissão do certificado.
Neste momento é feito a confirmação da identidade do titular solicitante, seja pessoa física ou pessoa jurídica, garantindo a veracidade dos documentos apresentados.

Quando é possível agendar a validação?
A opção de agendar a validação é exibida logo após a conclusão da compra do certificado.
Para agendar, basta indicar o futuro titular do certificado, escolher a cidade, Local de Atendimento, dia e horário de sua preferência.

Existe um custo para efetuar o agendamento?
Não há custo. O agendamento deve ser realizado em um dos nossos locais de atendimento para realizar a validação.

Como descubro os locais de atendimento da A DigiForte?
Acesse locais.io

Estou fora do Brasil, posso validar meu certificado?
A A DigiForte conta com uma equipe de Agentes de Registro capacitados para efetuar a Validação mesmo quando fora do Brasil. É necessário fornecer dados e solicitar orçamento. Entre em contato conosco para obter mais informações:

Clique aqui e Fale Conosco.

Validação Presencial: é quando você sozinho ou com os seus sócios agendam e se dirigem até uma localidade de atendimento para que um Agente de Registro verifique a documentação necessária para emissão do Certificado.Validação por videoconferência: o ITI (Instituto de Tecnologia da Informação) aprovou o DOC-ICP-05.05 Versão 1.0 17 de março de 2020 que permite a validação por videoconferência desde que o titular já tenha seus dados biométricos coletados. Confira, se o seu CPF está ou não apto para esse tipo de validação em: https://validacao.validcertificadora.com.br

Isto foi útil?
0

Veja a seguir os procedimentos necessários para realizar a Cópia de Segurança (Backup), do certificado digital A1 em seu computador: ​

I. Acesse as Opções da Internet (Menu Iniciar -> Painel de Controle -> Opções da Internet ou Rede e Internet/Opções da Internet).


​II. Selecione a aba Conteúdo -> Certificados.


III. Selecione o certificado e clique no botão Exportar.


IV. Será aberto o assistente de exportação, clique em Avançar.


V. Selecione a opção: Sim, exportar a chave privada.


VI. Na próxima tela, selecione as opções indicadas a seguir e depois, clique em Avançar:

  • Troca de Informações Pessoais – PKCS nº 12 (.PFX,.12)
    • Incluir todos os certificados no caminho de certificação, se possível
    • Exportar todas as propriedades estendidas


VII. Marque a opção Senha. Digite a senha que será utilizada no momento da importação do certificado em outros computadores. Na opção Criptografia selecione: AES256-SHA256 (Opção disponível apenas no Windows 10), e em seguida, clique em Avançar.


VIII. Clique em Procurar e selecione em qual local será salvo a cópia de segurança.


IX. Clique no botão Concluir e a exportação será finalizada. No local selecionado anteriormente, será gerado um arquivo no formato .PFX.

Isto foi útil?
0

Os certificados digitais fornecidos pela A DigiForte são protegidos por senhas cadastradas pelo titular do certificado no momento da emissão. Para segurança de nossos clientes a A DigiForte não mantém cópia de certificados e senhas, sendo de responsabilidade exclusiva do titular a guarda e o sigilo dessas informações.

Em caso de esquecimento da senha ou perda do certificado digital será necessária uma nova emissão.

Cuidados com as senhas do certificado

  • Senha de Utilização PIN cadastrada na apresentação dos documentos do titular do certificado;
  • Senha de Desbloqueio PUK cadastrada na apresentação dos documentos do titular do certificado;
  • Senha de Identificação e Revogação cadastrada no preenchimento da solicitação do certificado. Essa senha é imprescindível para a emissão ou cancelamento on-line do certificado. Em caso de perda, não será possível a emitir o Certificado Digital e o cancelamento deverá ser presencial em uma das localidades de atendimento A DigiForte;

A senha é de uso pessoal e intransferível

  • Nunca divulgue a senha do certificado digital para terceiros.
  • Não digite a senha quando alguém puder observar suas mãos.
  • Não anote a senha em papéis e guarde em gavetas ou embaixo do teclado, por exemplo.

Recomendamos que a senha escolhida seja forte, contendo letras maiúsculas e minúsculas e números.A senha do Certificado Digital não pode ser recuperada ou alterada em nossos canais de atendimento ao cliente.
Nunca entregar o certificado para terceiros

O certificado digital é um documento pessoal, que identifica o seu titular ou empresa em transações digitais por isso, recomendamos não deixá-lo em posse de terceiros;

Para transações com a Receita Federal, caso seja necessária a representação por um terceiro, recomendamos que seja utilizada a Procuração Eletrônica existente no Portal e-CAC. Essa procuração confere poderes para que um terceiro o represente utilizando um certificado digital próprio.

Todos os atos realizados perante à Receita Federal do Brasil utilizando o Certificado Digital são de responsabilidade única do titular.
Documentação

Os dados constantes nos documentos apresentados pelo titular para a validação presencial devem estar de acordo com a Receita Federal do Brasil (RFB). Evite problemas que impossibilitem a validação do certificado digital, como:

  • Mudança de Estado Civil, quando há alteração do sobrenome;
  • Falecimento do representante da empresa e não atualização do contrato social com os novos dados.
  • Mudança de sociedade dentro da empresa ou Mudança do representante legal da empresa perante a Receita Federal do Brasil.Todos os atos praticados perante a RFB com o certificado digital é de responsabilidade do titular.
Isto foi útil?
0

Neste tópico separamos algumas perguntas e respostas frequentes que fazem parte do dia-a-dia de quem utiliza o Certificado Digital e o processo de Certificação Digital.

 

Posso renovar meu certificado digital expirado ou revogado?

Não, por uma questão normativa, o Certificado Digital só pode ser renovado de forma on-line dentro de sua validade.

Caso o seu certificado digital esteja expirado/vencido ou revogado, não será possível realizar a renovação online.

Neste caso, será necessário adquirir um novo certificado e realizar uma nova validação em um dos locais de atendimento A DigiForte.

 

A3 ou A1: qual o certificado digital ideal?

Os certificados digitais do modelo A3 sempre virão dentro de um dispositivo criptográfico que dão mais segurança na posse e utilização do certificado digital. Os certificados digitais A3 da A DigiForte estão disponíveis em token, cartão inteligente e em nuvem.

Já os certificados A1 são gerados e utilizados em software, ou seja, você só tem um arquivo. A vantagem dele é que você pode efetuar um backup, e deixá-lo salvo no seu computador de trabalho.

 

Mas qual o melhor certificado digital para mim? A3 ou A1?

Vai depender da sua necessidade. Caso você queira portabilidade (andar com o seu certificado e utilizá-lo de qualquer lugar) o A3 é o mais indicado, pois você poderá recorrer ao token, cartão ou smartphone de qualquer lugar.

Se a sua necessidade não envolve a portabilidade, o A1 é uma opção com um custo menor.

 

O que é um cartão inteligente (smartcard)?

Um cartão inteligente (smartcard) é um dispositivo (hardware) criptográfico onde é armazenado o seu certificado digital ou de atributo.

Trata-se de um dispositivo tecnológico, responsável por guardar o arquivo eletrônico certificatório, que, por sua vez, funciona como uma espécie identificador online que verifica a identidade e a autenticidade de determinado usuário.

Os dados ficam dentro de um chip. Para utilizá-lo é necessária uma leitora de cartão.

Isto foi útil?
0

O termo de titularidade de pessoa física é o documento que o contratante, pessoa física, assinará como condição para receber o certificado digital.

Ele informa das responsabilidades assumidas pelo futuro titular do certificado digital, estabelecendo, as condições para o uso do certificado digital.

Ao assinar o termo, o contratante se compromete legalmente a responder pelo certificado digital adquirido, em conformidade com as resoluções vigentes e o estabelecido nos itens do termo.

Baixe aqui o Termo de Titularidade - Pessoa Física.pdf

Isto foi útil?
0

O termo de titularidade de pessoa jurídica é o documento que o contratante assinará como condição para receber o certificado digital.

Ele informa das responsabilidades assumidas pelo futuro titular do certificado digital, estabelecendo, as condições para o uso do certificado digital.

Ao assinar o termo, o contratante se compromete legalmente a responder pelo certificado digital adquirido, em conformidade com as resoluções vigentes e o estabelecido nos itens do termo.

Baixe aqui o Termo de Titularidade - Pessoa Jurídica.pdf

Isto foi útil?
0

Para testar o seu certificado clique aqui.

Isto foi útil?
0

Documentos Necessários para Emissão

Atenção! É obrigatória a apresentação dos documentos originais, bem como a coleta das biometrias e foto.Documentos necessários

  • Documento de Identificação: 
    • Registro de Identidade¹, se brasileiro; ou
    • Título de Eleitor, com foto; ou
    • Carteira Nacional de Estrangeiro – CNE, se estrangeiro domiciliado no Brasil; ou
    • Carteira de Entidade de Classe²; ou
    • Passaporte, se estrangeiro não domiciliado no Brasil.
  • Registro Comercial, no caso de empresa individual;
  • Ato Constitutivo ou Certidão Simplificada, Estatuto ou Contrato Social em vigor, devidamente registrado em órgão competente;
  • Documento de eleição de seus administradores, quando aplicável;
  • Cartão do CNPJ (Impresso do site da Receita Federal do Brasil no máximo há 5 dias).

¹ Entende-se como registro de identidade os documentos oficiais, físicos ou digitais, conforme admitido pela legislação específica, emitidos pelas Secretarias de Segurança Pública bem como os que, por força de lei, equivalem a documento de identidade em todo o território nacional, desde que contenham fotografia. ² Serão aceitas carteiras de entidade de classe cujos órgãos emissores permitam a consulta online do documento e que, por força de lei, equivalem a documento de identidade em todo o território nacional, desde que contenham fotografia.


Documentos opcionais

  • Comprovante de Inscrição e de Situação Cadastral;
  • Cadastro Específico do INSS – CEI.

Clausula Administrativa: É importante avaliar na cláusula que dispõe sobre a administração da sociedade, quem é (são) o(s) responsável (is) legal (is) por assumir compromissos e obrigações em nome da empresa.

Se a administração for em conjunto, e couber a mais de um sócio, diretor, administrador ou procurador, os responsáveis deverão participar do processo de validação, munidos de seus respectivos documentos pessoais, listados acima para assinatura dos termos.

Procurações: as procurações são aceitas somente para a representação do titular do certificado, desde que o ato constitutivo da empresa permita e para o certificado de Nota fiscal eletrônica (NF-e). As procurações devem ser públicas, lavradas em cartório e específicas para atuar perante à ICP-Brasil, conforme resolução DOC ICP-05 do Comitê Gestor da ICP-Brasil.

A procuração, dentro do seu prazo de validade, poderá ser aceita por até 90 dias a partir de sua emissão original ou da sua segunda via emitida pelo cartório.

Consulta Online: os contratos sociais são consultados de forma on-line na Junta Comercial do Estado, quando disponível.

Fotografia da face: conforme disposto no DOC-ICP-05.03.

Coletas Biométricas (impressões digitais): conforme disposto no DOC-ICP-05.03.

Validação presencial e videoconferência: se optar por validação presencial, o titular do certificado deve comparecer no ponto de atendimento e apresentar os documentos necessários; se optar por videoconferência os documentos devem ser enviados previamente de forma eletrônica.

Coleta biométrica obrigatória: de acordo com as Normas da ICP-Brasil, DOC-ICP-05.02, a coleta biométrica é obrigatória e todos os dados coletados serão mantidos em sigilo na base biométrica da ICP-Brasil.

Isto foi útil?
0

Atenção! É obrigatória a apresentação dos documentos originais, bem como a coleta das biometrias e foto.Documentos de identidade necessários:

  • Registro de Identidade¹, se brasileiro; ou
  • Título de Eleitor, com foto; ou
  • Carteira Nacional de Estrangeiro – CNE, se estrangeiro domiciliado no Brasil; ou
  • Carteira de Entidade de Classe²; ou
  • Passaporte, se estrangeiro não domiciliado no Brasil.

¹ Entende-se como registro de identidade os documentos oficiais, físicos ou digitais, conforme admitido pela legislação específica, emitidos pelas Secretarias de Segurança Pública bem como os que, por força de lei, equivalem a documento de identidade em todo o território nacional, desde que contenham fotografia.  ² Serão aceitas carteiras de entidade de classe cujos órgãos emissores permitam a consulta online do documento e que, por força de lei, equivalem a documento de identidade em todo o território nacional, desde que contenham fotografia. Carteiras de Classe: Serão aceitas carteiras de entidade de classe cujos órgãos emissores permitam a consulta online do documento.

Documentos opcionais:

  • PIS/PASEP;
  • Cadastro Específico do INSS – CEI.

Procurações: não são aceitas procurações para emissão do certificado digital de Pessoa Física, conforme DOC ICP-05 do Comitê Gestor da ICP-Brasil.

Fotografia da face: conforme disposto no DOC-ICP-05.03;

Coletas Biométricas (impressões digitais): conforme disposto no DOC-ICP-05.03.

Validação presencial e videoconferência: se optar por validação presencial, o titular do certificado deve comparecer no ponto de atendimento e apresentar os documentos necessários; se optar por videoconferência os documentos devem ser enviados previamente de forma eletrônica.

Coleta biométrica obrigatória: de acordo com as Normas da ICP-Brasil, DOC-ICP-05.02, a coleta biométrica é obrigatória e todos os dados coletados serão mantidos em sigilo na base biométrica da ICP-Brasil.

Isto foi útil?
0

Instalação

Para o correto funcionamento do certificado digital armazenado nos cartões inteligentes DigiForte, é necessário que ele seja conectado em uma leitora de cartão inteligente.

Essa leitora efetua a leitura do conteúdo do cartão e serve de ponte para comunicação entre o cartão e o computador, é necessário que esta leitora esteja conectada ao computador, instalada e funcionando corretamente.

O cartão DigiForte é gerenciado pelo aplicativo SafeSign, que deve estar instalado em seu computador, caso exista outra versão do SafeSign já instalada, é necessário desinstalar essa versão, reiniciar o computador e instalar a versão disponibilizada abaixo.

 

INSTALAÇÃO DA LEITORA SAFESIGN

Abaixo estão disponibilizados para download os administradores de token que devem ser instalados no computador seguindo os passos abaixo:

 

PASSO 1
Faça o download do SafeSign conforme a versão do seu sistema operacional;


PASSO 2
Para instalar o SafeSign é necessário desinstalar versões já instaladas anteriormente;


PASSO 3
De um duplo clique sobre o arquivo baixado.

Execute a instalação do aplicativo avançando por todas as telas da instalação até o final do processo;


PASSO 4
Conecte o cartão a leitora e inicie a utilização.


Usuários Linux: Clique aqui e visite a página de auxílio a instalação da leitora em seu equipamento.Usuários macOS: Clique aqui e visite a página de auxílio a instalação da leitora em seu equipamento.

SAFESIGN

Download necessário

Versões do administrador

de token

32 bits

64 bits

3.0.124

Download

Download

3.0.87

Download

Download

Abaixo se encontram alguns administradores de token que são utilizados no mercado:

 

SAFENET

Download necessário

Versão do administrador

de token

32 bits

64 bits

10.3

Download

Download

10.8

Download

Download

ID PROTECT

Download necessário

Versão do administrador

de token

32 bits

64 bits

6.32.01

Download

Download

EPASS 2003

Download necessário

Versão do administrador

de token

64 bits

2003

ID-ONE COSMO

Download necessário

Versão do administrador

de token

32 bits

64 bits

7.0.1

 

 

Isto foi útil?
0

Para o correto funcionamento do certificado digital armazenado nos cartões inteligentes DigiForte, é necessário que ele seja conectado em uma leitora de cartão inteligente.

Essa leitora efetua a leitura do conteúdo do cartão e serve de ponte para comunicação entre o cartão e o computador, é necessário que esta leitora esteja conectada ao computador, instalada e funcionando corretamente.

Para identificar o modelo de sua leitora, verifique a etiqueta de identificação em seu verso, faça o download e instale o driver abaixo.

Caso a leitora de cartão inteligente já esteja instalada e funcionando corretamente, instale apenas o software SafeSign para que o cartão DigiForte seja reconhecido corretamente.

As instalações devem ser realizadas por um usuário com permissão de realizar instalações.

 

Basta seguir os passos abaixo para fazer a instalação:

PASSO 1
Identifique o modelo de sua leitora utilizando a etiqueta que está em seu verso. Caso ele não esteja presente procure a empresa que lhe forneceu o token para que seja disponibilizado o driver de sua leitora.


PASSO 2
Faça o download do driver para seu sistema operacional e realize a instalação, somente após a instalação conecte a leitora na porta USB do computador.


PASSO 3
Faço o download do software SafeSign e realize instalação, para que o conteúdo de cartão seja reconhecido por seu computador e seu certificado digital possa ser utilizado.

Caso a leitora já esteja instalada é necessário apenas realizar o passo 3.

Para instalar o SafeSign é necessário desinstalar versões já instaladas anteriormente.


PASSO 4
Conecte o cartão a leitora e inicie a utilização.

 

DRIVER LEITORA DEXON

Download necessário

Versões do driver da leitora

Windows

Max

Linux

e-SmartDX

DRIVER LEITORA SCM

Download necessário

Versões do driver da leitora

Windows XP SP3, Vista, 7, 8, 8.1 e 10

SCM SCR 3310

DRIVER LEITORA PERTOSMART

Download necessário

Versões do driver da leitora

32 bits

64 bits

Windows XP SP3

PertoSmart

DRIVER LEITORA GEMALTO

Download necessário

Versões do driver da leitora

64 bits

Gemalto

 

Isto foi útil?
0

É importante que você possua em mãos a senha PUK cadastrada, pois sem ela, não será possível efetuar o desbloqueio com sucesso da senha PINInsira o seu certificado, emitido em uma mídia IDProtect, em sua máquina, e abra o administrador de token, e clique em "Certificates & Keys":

Veja que ele informa que a senha PIN se encontra bloqueada:


DESBLOQUEANDO A SENHA PIN

Clique no menu superior PIN, em sequência no menu Manager:

Clique no botão "unlock" para desbloquear a senha PIN:

Na próxima tela, insira a senha PUK e insira duas vezes a nova senha PIN:

Ao inserir, clique em ok:

Pronto, sua senha PIN foi desbloqueada com sucesso:

Veja que o status já foi alterado:

E ao clicar em "Certificates & Keys" e inserir a PIN:

Ele irá mostrar os objetos contidos na mídia:

Isto foi útil?
0

VERIFICANDO O STATUS DA SENHA PIN

É importante que você possua em mãos a senha PUK cadastrada, pois sem ela, não será possível efetuar o desbloqueio com sucesso da senha PIN

Insira o seu certificado, emitido em uma mídia SafeNet, em sua máquina, e abra o administrador de token, e clique em "Visualizar informações do Token":

Veja que em "Tentativas restantes de Senha de token" consta como 0 tentativas:


DESBLOQUEANDO A SENHA PIN

Volte ao menu anterior e clique em "vista avançada", conforme abaixo:

Clique sobre o botão "Configurar a Senha do Token":

Insira a senha PUK a seguir:

Agora crie uma senha PIN, confirmando a mesma logo abaixo:

Senha PIN desbloqueada e criada com sucesso:

Voltando ao menu "Visualizar informações do Token" você verá que agora as tentativas de uso da PIN foram resetadas com sucesso:

Isto foi útil?
0

É importante que você possua em mãos a senha PUK cadastrada, pois sem ela, não será possível efetuar o desbloqueio com sucesso da senha PIN

Insira o seu certificado, emitido em uma mídia Safesign, em sua máquina, e abra o administrador de token:

Clique no menu Token e selecione a opção "Mostrar informações do token...", conforme abaixo:

Verifique o status do PIN, neste caso ele está com o status BLOQUEADO, clique em fechar:

 

DESBLOQUEANDO A SENHA PIN

Volte ao menu Token e selecione a opção "Desbloquear PIN...", conforme abaixo:

Insira sua senha PUK e cadastre sua nova senha PIN, efetuando assim o desbloqueio da mesma:

Ele irá retornar a seguinte mensagem, informando que a senha PIN foi desbloqueada com êxito:

Para testar, acesse o conteúdo da mídia e clique em "Mostrar objetos privados", insira a nova senha PIN cadastrada e clique em OK:

A senha PIN funcionou, mostrando assim, os objetos privados da mídia:

Isto foi útil?
0

O procedimento é o mesmo, para ambos administradores de certificado, apenas alterando o nome do arquivo do módulo, segue lista abaixo:

Gerenciador

Sistema Operacional

Nome do arquivo do módulo

Safesign

Windows

C:\Windows\System32\aetpkss1.dll

Safenet

Windows

C:\Windows\System32\eTPKCS11.dll

Safesign

MAC

/Applications/tokenadmin.app/Contents/Frameworks/libaetpkss.dylib

Safenet

MAC

/usr/local/lib/libeTPkcs11.dylib

EFETUANDO A INTEGRAÇÃO PARA MÍDIAS SAFESIGN

Abra o navegador Firefox:

Clique no menu superior e vá em opções:

Clique em Privacidade e Segurança, role a página até o fim e clique em Dispositivos de segurança:

Clique em carregar:

Escreva Safesign, em nome do módulo, e no campo "Nome do arquivo do módulo" insira o caminho de acordo com seu sistema operacional e gerenciador de dispositivos, listado no começo deste artigo:

Clique no ícone Giesecke & Devrient, no menu esquerdo, e clique em Entrar, no menu direito:

Insira sua senha PIN para logar:

Pronto, a integração do Safesign foi feito em seu navegador Firefox:

EFETUANDO A INTEGRAÇÃO PARA MÍDIAS SAFENET

Abra o navegador Firefox:

Clique no menu superior e vá em opções:

Clique em Privacidade e Segurança, role a página até o fim e clique em Dispositivos de segurança:

Clique em carregar:

Escreva SafeNet, em nome do módulo, e no campo "Nome do arquivo do módulo" insira o caminho de acordo com seu sistema operacional e gerenciador de dispositivos, listado no começo deste artigo:

Clique no ícone AKS ifdh 0, no menu esquerdo, e clique em Entrar, no menu direito:

Insira sua senha PIN para logar:

Pronto, a integração do Safesign foi feito em seu navegador Firefox:

Isto foi útil?
0

Esse certificado é emitido e armazenado diretamente no computador do titular. É ideal para pessoas que desejam um certificado que tenha facilidade de uso, menor custo e portabilidade, uma vez que instalado no computador, depende de sua segurança contra uso e cópias indevidas.

PREPARANDO O EQUIPAMENTO PARA A EMISSÃO

Com o intuito de otimizar o processo de emissão do certificado A1, a Valid Certificadora desenvolveu um aplicativo chamado VAgent. Com ele você poderá emitir o seu certificado digital através do navegador Google Chrome ou Internet Explorer. Sendo assim não será mais necessário atualizar o Java ou executar plugins para concluir o processo.

O VAgent é um aplicativo confiável. O que garante a sua credibilidade, segurança e integridade é o uso de um certificado digital na Web, conforme imagem abaixo:


Download necessário

Versão do VAgent

32 bits

64 bits

1.2.6

EMITINDO O CERTIFICADO A1

Acesse a página de emissão do certificado digital clicando aqui, preencha os campos número do ticket, senha de identificação e insira o texto da imagem e clique em enviar:

Você será redirecionado para a página de download do VAgent. Efetue o download do arquivo no começo deste artigo ou clique no botão baixar, conforme mostrado abaixo:

Siga o manual abaixo, disponível para download, para realizar a instalação do aplicativo:

Download necessário

Manual instalação VAgent

 


Após o término da instalação, prosseguir com a emissão do certificado digital.

Aguarde carregar a lista de CSP:

Selecione a opção Microsoft Enhanced RSA AES Cryptographic Provider, aceite o termo e clique em instalar:

Clique em iniciar.

Nessa etapa de emissão crie uma senha para a cópia de segurança do certificado, com no mínimo 4 e máximo 15 dígitos:

Posteriormente, a mesma senha será solicitada para a importação (instalação) do certificado.

Lembrando que a senha é pessoal e intransferível e de total responsabilidade do usuário. A DigiForte Certificadora não mantém cópia ou possui método para recuperação de senhas.

Nesta etapa podemos evidenciar que o certificado digital foi instalado com sucesso:

No final da emissão, uma cópia de segurança (arquivo.pfx) será criada na Área de Trabalho ou na pasta Documentos.

 

INSTALANDO O CERTIFICADO A1 NO WINDOWS

O certificado ainda não foi instalado (publicado) automaticamente no repositório do Windows, para isso é necessária a instalação do certificado A1, seguindo os passos abaixo:

 

LOCALIZE O ARQUIVO

Localize o arquivo gerado após a emissão, que será criada na Área de Trabalho ou na pasta Documentos, no modelo a seguir:

Este arquivo é a cópia de segurança de seu certificado A1, é de suma importância que seja guardado de forma correta para que seja utilizado em outros equipamentos

 

SELECIONANDO O USUÁRIO

Deve ser selecionado o usuário local na próxima tela de instalação do certificado A1:

 

ARQUIVO A SER IMPORTADO

Ele irá mostrar o caminho de onde está situado o arquivo que será importado:

 

INSERINDO A SENHA DE EXPORTAÇÃO

Deverá ser inserida a senha criada no ato da emissão do certificado:

Lembrando que esta senha é de responsabilidade do usuário, a DigiForte não possui banco de senhas, por questões de segurança dos usuários

 

REPOSITÓRIO

Deve ser escolhida a primeira opção na tela de repositório do certificado a seguir:

 

FINALIZANDO A INSTALAÇÃO

A próxima tela irá informar os dados para a instalação do certificado, clique em concluir:

 

CONCLUINDO A INSTALAÇÃO

O certificado foi instalado com sucesso no equipamento:

 

VERIFICANDO A INSTALAÇÃO

Após finalizar a instalação verifique em opções da internet, conteúdo e certificados, o certificado A1 consta como instalado com sucesso:

A cópia de segurança deverá ser mantida sempre em um local seguro, sempre que necessário instalar o certificado digital, o procedimento será realizado a partir dela.

Isto foi útil?
0

Para instalar o certificado digital A1 em um equipamento Linux, primeiramente, é necessário emiti-lo em um equipamento Windows. Veja o procedimento aqui

Instalando o Certificado A1

A utilização do certificado A1 em equipamentos Linux é feita pelos navegadores Mozilla Firefox (navegador nativo do sistema operacional) e pelo Google Chrome.

Navegador Mozilla Firefox

Localize o arquivo que foi exportado de um equipamento Windows:

Abra o navegador Mozilla Firefox, clicando no menu superior esquerdo, e vá em preferências, conforme abaixo:

Vá para a aba segurança, indicada pelo cadeado, e deslize a página até o final, localizando o menu "Ver Certificados", conforme abaixo:

Dentro do gerenciador de certificados, localize o botão "Importar", conforme abaixo, e clique nele:

Selecione o diretório onde o arquivo .PFX se encontra (neste exemplo, ele se encontra na área de trabalho) e clique em "Abrir", conforme imagem abaixo:

Insira a senha de segurança do arquivo .PFX:

Pronto, seu certificado foi importado com sucesso para o navegador Mozilla Firefox e está pronto para ser utilizado:

Navegador Google Chrome

Localize o arquivo que foi exportado de um equipamento Windows:

No navegador Google Chrome, vá ao menu superior e entre em "Configurações":

Digite na barra de busca a palavra "Certificados" e clique no menu Segurança":

Localize o menu "Gerenciar certificados" e o acesse:

Clique em importar:

Selecione o diretório onde o arquivo .PFX se encontra (neste exemplo, ele se encontra na área de trabalho), e clique em "Abrir", conforme imagem abaixo:

Insira a senha de segurança do arquivo .PFX:

Pronto, o certificado esta pronto para uso, pelo navegador Google Chrome:

Isto foi útil?
0

Para instalar o certificado digital A1 em um equipamento MAC, primeiramente, é necessário emiti-lo em um equipamento Windows. Veja o procedimento aqui

Instalando o Certificado A1

Com o arquivo de exportação criado e enviado ao equipamento MAC, dê um duplo clique sobre ele:

Serão solicitadas duas senhas, primeiro a senha do equipamento e logo após a senha do certificado.

Senha do equipamento:

Senha do certificado:

Após inserir as senhas solicitadas, confira se o certificado foi instalado em seu equipamento MAC, conforme abaixo mostrado:


Integrando o certificado no navegador Firefox

Para melhor funcionamento do certificado digital Valid, em equipamento MAC, solicitamos que seja utilizado o navegador Firefox, que possui o ferramenta de integração manual de certificados.

Após instalar o certificado Valid no equipamento, abra o navegador Firefox, e caso não o possua, efetue o download clicando aqui, e vá em preferências, conforme abaixo:

Ao entrar no menu preferências, vá ao submenu, localizado na lateral esquerda da página, Privacidade e Segurança:

Desça dentro do menu, até a aba Certificados e clique na opção Ver Certificados:

Feito isso, clique na opção "Importar", localizado na barra inferior o menu a seguir:

Selecione o arquivo pfx no caminho correto em que ele está disponível, que foi gerado na emissão no equipamento Windows, e clique em abrir:

Feito isso, ele solicitará a senha do certificado Valid, para a instalação no MAC:

 

Pronto, seu certificado Valid já está instalado em seu equipamento MAC.

Isto foi útil?
0

Antes de iniciar a instalação do IDProtect nos equipamentos MAC, verifique a seguinte especificação do equipamento: Possuir sistema operacional 10.13 ou superior.

Para efetuar o download do IDProtect em equipamentos MAC, clique aqui

Instalando o IDProtect nos equipamentos MAC

Após efetuar o download do IDProtect, localize o arquivo:

Dê um duplo-clique no arquivo executável e informe o usuário e senha da máquina, conforme abaixo:

Clique em "Next":

Selecione a primeira opção " I accept the agreement ", conforme abaixo, e clique novamente em "Next":

Aparecerá o caminho do diretório onde será instalado, clique em "Next":

Selecione as duas opções, "Manager" e "PINTool", e clique em "Next":

Clique em "Next" para confirmar todas as opções selecionadas anteriormente:

Aguarde enquanto processo é efetuado:

Encerre o navegador Firefox, conforme abaixo, caso ele inicie uma aba, referente a extensões do navegador:

Aguarde ele finalizar a instalação:

Clique em "Finish" para finalizar a instalação:

Será necessário reinicializar a máquina:

Ao inicializar novamente, ele terá criado dois ícones, conforme abaixo, na área de trabalho do MAC:

Ou você pode buscar pelo administrador de token, conforme abaixo:

Conecte o seu certificado na máquina e selecione a opção "ACS ACR 38U-CCID", conforme abaixo e clique em "Certificates and Keys":

Insira a senha PIN do certificado:

Pronto, agora ele lhe mostrará os objetos contidos na mídia:

E você consegue verificar a validade do certificado, neste caso é um certificado válido do dia 22/09/2020 até 22/09/2021:

E seu certificado está pronto para ser usado.

Isto foi útil?
0

Preparando o equipamento para instalação do IDProtect

Verifique qual é o modelo de seu equipamento, 32 ou 64 bits, com o passo a passo abaixo

Vá em painel de controle, selecione na parte superior "Exibir por: Ícone Grandes":

Selecione a opção "Sistema", conforme abaixo:

Na aba sistema verifque qual a versão de seu equipamento, neste caso, se trata de um equipamento de 64 bits:

Abaixo selecione a opção referente a seu equipamento e efetue o download para iniciarmos a instalação:

Download necessário

Versão do IDProtect

32 bits

64 bits

6.32.01

7.19.04


Instalando o IDProtect no equipamento Windows

Após baixar o arquivo, localize-o na pasta de downloads de seu equipamento, de acordo com a versão baixada:

Versão 6.32.01

Para a versão 7.19.04 existe um procedimento para a execução do arquivo correto, que iremos explicar abaixo
Versão 7.19.04

Clique com o botão direito sobre o arquivo e selecione a opção a seguir:

Abra a pasta a seguir após o processo ser finalizado:

Após abrir o diretório a seguir, dê um duplo clique no aplicativo "IDProtect-7.19.04-64bits" :

 

A partir daqui o procedimento de instalação das versões 6.32.01 e 7.19.04 se mantém o mesmo


Aguarde o aplicativo iniciar a instalação:

Clique em "Next" para avançar a etapa:

Selecione a opção " I accept the terms in the license agreement" e clique em "Next" para avançar.

Seleciona a opção custom e clique em "Next":

Vá até a sexta opção dentro do menu Tools, IDProtect Admin PINTool:

Selecione a opção em que o ícone fique da mesma forma que o exemplo abaixo:

Clique em "Install" para confirmar todas as opção selecionadas anteriormente:

Aguarde o fim da instalação:

Clique em "Finish":

Busque na barra de pesquisa do Windows por IDProtect Manager, conforme abaixo, e de um clique no ícone:

Conecte a mídia com o certificado na máquina, selecione a opção ACS CCID, conforme abaixo, e clique em Certificates & Keys, no menu superior:

Insira a senha PIN:

Você conseguirá ver todos os objetos contidos na mídia:

Com um duplo clique no certificado é possível verificar a data de validade e os dados:

Pronto, seu certificado está pronto para ser utilizado.

Isto foi útil?
0

Preparando o equipamento para instalação do SafeNet

Antes de iniciar a instalação nos equipamentos MAC, verifique a seguinte especificação do equipamento: Possuir sistema operacional 10.13 ou superior.

Para efetuar o download do SafeNet para equipamentos MAC, clique aqui

Instalando o SafeNet nos equipamentos MAC

Após efetuar o download do arquivo, descompacte ele em sua área de trabalho, ou algum diretório de fácil acesso:

Dê um duplo clique na primeira opção disponível, conforme abaixo:

Clique em continuar:

Selecione continuar novamente, conforme abaixo:

No SafeNet o idioma padrão é o inglês, por isso aparecerá automaticamente selecionado, clique em continuar:

Clique em concordar com os termos de contrato de licença de software:

Clique em instalar para confirmar todas as opções anteriores selecionadas e dar início a instalação:

Insira a senha do usuário responsável pela máquina, para liberar a instalação:

Aguarde até o fim da instalação:

Instalação finalizada. Agora vamos verificar o status do certificado no administrador de tokens SafeNet:

Na barra superior do MAC, clique com o botão esquerdo do mouse no ícone do SafeNet, e selecione a opção Tools, conforme abaixo:

Agora com o token conectado na máquina, clique na engrenagem, localizada na barra superior do administrador de tokens Safenet:

Assim você poderá ver todos os objetos que constam na mídia, ver a validade e nomenclatura dos objetos:

Pronto, você já pode utilizar o token SafeNet nos equipamentos MAC.

Isto foi útil?
0

Preparando o equipamento para a instalação do SafeNet

Verifique qual é o modelo de seu equipamento, 32 ou 64 bits, com o passo a passo abaixo:

Vá em painel de controle, selecione na parte superior "Exibir por: Ícone Grandes":

Selecione a opção "Sistema", conforme abaixo:


Na aba sistema verifique qual a versão de seu equipamento, neste exemplo, se trata de um equipamento de 64 bits, conforme destacado na imagem abaixo.


Download necessário. Agora que você já sabe qual é o modelo do seu equipamento, veja a seguir a opção corespondente e efetue o download para iniciar a instalação:

Versão do Safenet

32 bits

64 bits

10.3

10.8


INSTALANDO O SAFENET NO EQUIPAMENTO WINDOWS

Após efetuar o download do arquivo, localize-o na pasta de downloads de seu equipamento:

Estamos utilizando, de exemplo, a versão 10.8 para equipamentos 64 bits, mas a instalação ocorre da mesma forma tanto para as versões 10.3 e equipamentos 32 bits

Dê duplo clique no arquivo baixado, aguarde a próxima tela, selecione "Next" para que seja iniciado o procedimento:

A linguagem do aplicativo é selecionada automaticamente, clique em "Next" novamente:

Selecione a primeira opção, "I Accept the license agreement":

Nesta tela ele irá mostrar o diretório onde a aplicação será instalada:

Clique em instalar, confirmando todas as opções selecionadas anteriormente, e para que a instalação seja iniciada:

Aguarde que a instalação seja concluída:

Insira na barra de tarefas do Windows, conforme abaixo, Safenet para que o aplicativo seja encontrado, dê um clique sobre o ícone "Safenet Authentication Client Tools":

Ele irá abrir em branco, insira o token, conforme na sequência abaixo:

Clique sobre a engrenagem, no canto superior direito, para verificar seu certificado:

Ao abrir você consegue verificar o conteúdo de sua mídia, junto da validade dele e os dados do responsável pelo certificado emitido:

Pronto, seu certificado está com o administrador correto instalado e pronto para ser usado.

Isto foi útil?
0

PREPARANDO O EQUIPAMENTO PARA A INSTALAÇÃO DO SAFESIGN

Antes de iniciar a instalação nos equipamentos MAC, verifique a seguinte especificação do equipamento:

Sistema operacional 10.13 ou superior.
Para efetuar o download do Safesign para equipamentos MAC, clique aqui


INSTALANDO O SAFESIGN NOS EQUIPAMENTOS MAC

Após efetuar o download do arquivo, descompacte ele em sua área de trabalho, ou algum diretório de fácil acesso:

Dê um duplo clique sobre o executável e você irá para a tela a seguir, selecione a opção "Concordar":

Aguarde que o processo se inicialize:

Arraste o ícone azul, tokenadmin, da esquerda para a direita, para a aba Applications:

Você pode verificar se ele está instalado clicando na lupa, na barra superior direita do MAC, e escrevendo token, conforme abaixo:

Plugue o token, ou a leitora junto do cartão DigiForte, em sua máquina, dê um duplo sobre o aplicativo tokenadmin:

Dê um duplo clique sobre o status "operacional" para verificar o conteúdo da mídia:

Caso não fique com o nome ou status diferente do mostrado abaixo, tente abrir por outro administrador de token ou contate nosso SAC.

Clique no botão, na parte inferior direita do aplicativo, Mostrar objetos privados e insira a senha PIN da mídia:

A mídia esta operacional, com seus objetos necessários para o funcionamento, para verificar o seu certificado, de um duplo clique sobre o objeto certificado que possua o nome de sua empresa ou pessoa responsável, neste caso clicamos sobre o 5 objeto da mídia:

Você consegue verificar todos os dados do certificado, validade e afins, e ele está pronto para ser utilizado.

Isto foi útil?
0

Preparando o equipamento para a instalação do Safesign

Verifique qual é o modelo de seu equipamento, 32 ou 64 bits, conforme o passo a passo a seguir:

Vá em painel de controle, selecione na parte superior "Exibir por: Ícone Grandes":


Selecione a opção "Sistema", conforme abaixo:


Na aba sistema verifique qual a versão de seu equipamento, neste caso, se trata de um equipamento de 64 bits:


Download necessário. Agora que você já sabe qual é o modelo do seu equipamento, veja a seguir a opção correspondente e efetue o download para iniciar a instalação.

Versões do Safesign

32 bits

64 bits

3.0.124

Download 

Download

3.0.87

Download

Download

 

Instalando o Safesign nos equipamentos Windows

Após baixar o arquivo, localize-o na pasta de downloads de seu equipamento:

Neste exemplo, utilizamos a versão 3.0.87 para equipamentos 64 bits, mas o passo a passo da instalação é o mesmo para as versões 3.0.124 em equipamentos 32 bits.

Dê um duplo clique no aplicativo baixado, e clique em avançar, conforme abaixo:

Selecione a opção instalar e clique nela:

A barra de instalação será preenchida durante a instalação:

Selecione a opção Português (Brasileiro), para a linguagem do aplicativo:

Avance de etapa, para que seja dada sequência na instalação:

Selecione a opção "Aceito os termos do contrato de licenças" e clique em avançar:

Aqui o aplicativo mostra o caminho padrão da instalação, caso você queira, pode alterar este caminho clicando em "Alterar", neste caso, iremos seguir com o caminho padrão, clicando em avançar:

Nesta etapa ele deixa para o usuário as opções padrões já definidas, mas pode ser alterado pelo usuário, se necessário. Neste caso iremos seguir com a instalação pré-definida, clicando em avançar:

Clique em instalar para confirmar todas as opções e configurações feitas anteriormente:

A barra de instalação será preenchida durante a instalação:

Nesta etapa, clique em "Fechar" conforme abaixo, não é obrigatório a execução desta etapa na instalação:

Clique em "Concluir" para confirmar todas as instalações feitas:

Clique em "Concluir" para finalizar a instalação do Safesign em seu equipamento:

Para verificar o programa instalado, vá para a barra de busca de seu equipamento Windows e digite "Token", ele deverá mostrar o "Administração de token", indicando que o aplicativo foi instalado com sucesso no equipamento:

Após abrir o aplicativo, insira o token DigiForte ou a leitora, juntamente do cartão DigiForte, em seu equipamento. Ele deverá ficar com o status "Nome da Leitor ou do Token" DigiForte e "Status do token" operacional:

Caso apresente o nome ou status diferente do mostrado abaixo, tente abrir por outro administrador de token ou contate nosso SAC.

Dê um duplo clique sobre o status "operacional":

Será exibido os objetos públicos do token:

Clique no botão, localizado na parte inferior direita, "Mostrar objetos privados", insira sua senha PIN, para visualizar os objetos privados da mídia.

Feito isso você pode verificar que o certificado está operacional, com os objetos públicos e privados.

Dê um duplo clique no certificado que possui o nome de sua empresa ou pessoal responsável, neste caso, era o quinto objeto disponível em nossa mídia, o certificado DigiForte CERTIFICADORA.

Pronto, o seu certificado DigiForte está operacional, com os objetos públicos e privados em sua mídia, e seu certificado.

Isto foi útil?
0

O seu certificado digital funciona em qualquer sistema operacional. A diferença é que existem softwares proprietários para o gerenciamento do seu certificado.

Os cartões e tokens DigiForte são gerenciados pelo programa SafeSign.

Para o correto funcionamento do seu cartão, leitora ou token DigiForte no sistema operacional Linux é necessário instalar os pacotes e softwares listados a seguir.

O aplicativo só funcionara em sistemas operacionais baseados no Linux Mint 19.1 e Ubuntu 18.4


O programa SafeSign Identity Client (versão 3.5.2) possui pacote de instalação para a versão x64 bits do Ubuntu 18.4 e Mint 19.1 do sistema operacional Linux.

Antes de iniciar a instalação atualize seu Linux com todos os pacotes recomendados, por meio do seu gerenciador de aplicativos. Não esqueça de executar a instalação utilizando o usuário root.

Clique aqui para baixar o instalador do Safesign.


Verificação dos pacotes de drives

Verifique se os pacotes de drivers da tabela abaixo estão presentes no sistema operacional.

É importante que todas as bibliotecas estejam na versão específica.

  • libgdbm3_1.8.3-14
  • libjpeg62-turbo_1.5.2-2+b1
  • libpng12-0_1.2.50-2+deb8u3
  • libwxbase2.8-0_2.8.12.1+dfsg2-dmo4
  • libwxgtk2.8-0_2.8.12.1+dfsg2-dmo4
  • pcscd e libccid


Instale os pacotes que faltam.

Caso os pacotes listados não estejam instalados, faça o download utilizando a tabela abaixo:

A instalação dos pacotes de drivers deve seguir a ordem da tabela abaixo

Nome

Download

libgdbm3_1.8.3-14

libjpeg62-turbo_1.5.2-2+b1

libpng12-0_1.2.50-2+deb8u3

libwxbase2.8-0_2.8.12.1+dfsg2-dmo4

libwxgtk2.8-0_2.8.12.1+dfsg2-dmo4

 

Realizando a Instalação:

Para instalar as bibliotecas "pcscd" e "libccid", no terminal digite:

sudo apt-get install pcscd libccid

Em seguida, inicie a instalação do SafeSign utilizando, ainda no terminal o comando:

dpkg -i

Antes de utilizar o SafeSign reinicie o computador.

Conecte a leitora instalada e depois o cartão ou token DigiForte.

Em seguida execute o programa, instalado por meio do atalho TokenAdmin.

 

Instalando no módulo de segurança no Firefox

Para isso abra o SafeSign e localize o menu Integração e escolha a opção Instalar o SafeSign no Firefox.

Pronto, o programa está disponível para uso.

 

Downloads

Download necessário

Nome

Download

Safesign 3.5.2

Manual de instalação

Isto foi útil?
0

O seu certificado digital funciona em qualquer sistema operacional.

A diferença é que existem softwares proprietários para o gerenciamento do seu certificado.

Para o correto funcionamento do seu cartão, leitora ou token DigiForte no sistema operacional macOS, da Apple, é necessário instalar o driver do cartão e/ou do token.

Os cartões DigiForte são gerenciados pelo programa SafeSign, já os tokens DigiForte são gerenciados pelos programas Safesign ou SafeNet.

Neste gerenciadores estão disponíveis todas as funcionalidades para gerenciar e utilizar o certificado digital armazenado em cartão ou token fornecidos pela DigiForte.

 

Informações importantes sobre versões

O equipamento precisa estar em uma das versões informadas abaixo:

Para versões do sistema operacional macOS 10.13 (High Sierra), 10.14 (Mojave) ou 10.15 (Catalina) é necessário instalar a versão Safesign 3.5.3 ou Safenet 10.2.97.

 

DOWNLOAD DE APLICATIVOS E MANUAIS

Downloads necessários

SAFENET

Download

Safenet 10.2.97 - macOS 32 e 64 bits

Manual de Utilização - macOS

 

 

SAFESIGN

Download

SafeSign 3.5.3.0 - macOS 32 e 64 bits

 

Manual de Utilização - macOS

 

Isto foi útil?
0

Para o funcionamento do certificado digital, armazenado no token DigiForte, é necessário instalar os softwares que serão responsáveis pela leitura do conteúdo em seu token e publicar seu certificado digital no computador.

É importante saber que, para instalar os softwares do token, ele não esteja conectado em seu computador no momento da instalação.

Identifique o modelo de seu token observando as figuras abaixo, comparando o token com a imagem.

Faça o download do driver e gerenciador do token.

Para o correto funcionamento do token é necessário que o gerenciador SafeSign esteja corretamente instalado.

As instalações devem ser realizadas por um usuário com permissão de realizar instalações.

 

Siga os passos abaixo para realizar as instalações necessárias:

PASSO 1
Identifique o modelo de seu token utilizando as imagens acima. Caso ele não esteja presente procure a empresa que lhe forneceu o token para que seja disponibilizado o driver e gerenciador desse token.


PASSO 2
Faça o download do driver e realize a instalação confirmando todas as telas. Sem a instalação do driver o token não é reconhecido pelo computador.


PASSO 3
Faça o download do software SafeSign e realize sua instalação, para que o conteúdo de token seja reconhecido por seu computador e seu certificado digital possa ser utilizado.

Para instalar o SafeSign é necessário desinstalar versões já instaladas anteriormente.


PASSO 4
Conecte o token ao seu computador e inicie a utilização.

 

Usuários Linux: Clique aqui e visite a página de auxílio a instalação do token em seu equipamento.

Usuários macOS: Clique aqui e visite a página de auxílio a instalação do token em seu equipamento. 

DRIVER TOKEN G&D

Download necessário

Versões do driver

Windows XP SP3, Vista, 7, 8, 8.1 e 10

Token G&D

SAFESIGN

Download necessário

Versões do administrador

de token

32 bits

64 bits

3.0.124

Download

Download

3.0.87

Download

Download

SAFENET

Download necessário

Versão do administrador

de token

32 bits

64 bits

10.3

Download

Download

10.8

Download

Download

Isto foi útil?
0